Vice-Presidente da Fenapef defende estrutura de carreira única durante congresso nacional

Evento ocorreu nos dias 15 e 16 de setembro, na sede do Poder Judiciário carioca

Fonte: Comunicação Fenapef

Data: 19/09/22

O vice-presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luiz Carlos Cavalcante, participou nesta sexta-feira (16) do I Congresso Nacional dos Agentes de Polícia do Poder Judiciário da União, realizado no auditório da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ), na Sede do Poder Judiciário carioca. Na palestra “Polícia Judicial: o modelo de polícia do Brasil, raízes históricas e as mudanças necessárias no modelo brasileiro”, o agente de Polícia Federal há 25 anos, especialista em Direito Penal e Processual Penal e Execução de Políticas Públicas em Segurança Pública, ressaltou a importância do momento presente em que uma nova polícia, a Judicial, nasce através da Resolução n° 344 de 2020 do CNJ.

“É fundamental entender o modelo de polícia brasileiro para evitar os erros do passado e estruturar uma Polícia Judicial moderna e articulada, que vem preencher uma lacuna institucional importante e fortalecer o sistema de segurança pública do país”, destacou Cavalcante, que também é presidente do SSDPFRJ.

Sobre o modelo de segurança pública atual, Cavalcante explicou que ele é ineficiente, burocrático e ultrapassado. “Nós, da Fenapef, defendemos a estrutura de carreira única para todas as polícias, como nas polícias americanas, com a entrada por concurso público na base da corporação, (como a PRF), a desburocratização da investigação, sem a obrigatoriedade do bacharel em Direito no comando, tornando a investigação mais técnica e menos jurídica e burocrática, e ainda, o ciclo completo da atividade policial, enumerou o presidente do SSDPFRJ.

Cavalcante agradeceu o convite recebido pelo presidente da Agepoljus, Roniel Andrade. Na mesa integrada pelo APF, estava também o representante da Associação dos Juízes Federais do Brasil (AJUFE) e o Juiz de Direito do TJ-RS e atualmente Juiz Instrutor no Gabinete da Presidência do Supremo Tribunal Federal (STF), Mário Augusto Figueiredo de Lacerda Guerreiro.

Fonte: SSDPFRJ, com edições.

OUTRAS NOTÍCIAS

Mestre em saúde coletiva fala da importância de buscar ajuda aos problemas de saúde mental

Série de palestras discute suicídio entre policiais federais

Aprofunde seus conhecimentos em Ciências Policiais e Segurança Multidimensional

Ação exige que União cumpra regras previstas na Reforma da Previdência