Atenção, aposentados e pensionistas!! Prova de vida agora pode ser feita por meio digital

Quem tem biometria cadastrada no TSE ou no Denatran não vai sequer precisar sair de casa

Fonte: Comunicação Fenapef

Data: 31/05/21

Atenção aposentados e pensionistas! A prova de vida, que estava suspensa desde março do ano passado, por conta da pandemia, volta a ser exigida a partir de amanhã (1º de junho). Para quem tem biometria cadastrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou no Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), nem será preciso sair de casa. A Prova de Vida Digital estará disponível para todos os aposentados, pensionistas e anistiados políticos civis do Poder Executivo Federal e beneficiários do Regime Próprio de Previdência Social. Para realizar a Prova de Vida Digital, porém, o beneficiário precisa ter a biometria cadastrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou no Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Quem tem a biometria cadastrada deve receber uma mensagem de texto ou e-mail fazendo a convocação. A partir daí, basta baixar o aplicativo meu gov.br (https://www.gov.br/pt-br/apps/meu-gov.br). Outro aplicativo, o Meu INSS (https://meu.inss.gov.br) deve ser acessado para acompanhar o resultado da prova de vida depois de concluído o procedimento.

Quem não tem a biometria cadastrada deve ir à agência bancária em que recebe o provento ou benefício com CPF e documento com foto.

A prova de vida do INSS é um procedimento anual e obrigatório para os segurados e pensionistas do INSS que recebem seu benefício por meio de conta corrente, conta poupança ou cartão magnético comprovarem que estão vivos. Tem como principal objetivo dar mais segurança tanto para o cidadão quanto para o governo, evitando fraudes e pagamentos indevidos de benefícios.

Quem não fizer a prova de vida do INSS terá o pagamento do benefício previdenciário suspenso. Pagamentos voltarão a ser bloqueados a partir de junho para os beneficiários que não fizerem a prova de vida.

OUTRAS NOTÍCIAS

Alerta: “A PEC 32 vai promover o desmonte do serviço público”

Na abertura do Congresso do IEDF, presidente da Fenapef defende humanização das forças policiais

Saúde mental de policiais durante a pandemia é tema de debate na Câmara

Presidente da Fenapef é um dos autores do livro ‘Prevenção: Instrumento e Fraternidade’