Entidades de servidores de segurança cobram por plano de reestruturação

Cinco associações de classe criticam o governo federal pela falta de resposta à reinvindicação

Fonte: SBT News

Data: 06/07/22

Reestruturação das carreiras de segurança foi uma promessa do presidente Jair Bolsonaro | Divulgação/PF

Cinco entidades de classe que representam forças de segurança pública da União divulgaram nesta 3ª feira (5.jul) uma nota em que criticam o presidente Jair Bolsonaro (PL) por não cumprir a promessa de reestruturação de carreiras. Assinam o documento, a Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), Federação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (Fenadepol), Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Federação Nacional dos Policiais Penais Federais (FenaPRF), Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal (SINPECF).
As associações afirmam que "a palavra do senhor presidente da República, tantas vezes empenhada publicamente, verificou-se completamente inócua". A reestruturação das carreiras de segurança foi uma promessa do presidente Jair Bolsonaro, em meio a discussão do reajuste salarial a todas as categorias do funcionalismo público federal.

"Com o término do prazo legal para a tão esperada, necessária e justa concessão da reestruturação das carreiras policiais da União no ano em curso, as forças de segurança pública federais sentiram, mais uma vez, o estigma da desvalorização e ataque aos direitos de seus profi ssionais, prática, infelizmente, tantas vezes registrada ao longo do atual governo", diz as entidades.

lém disso, as categorias argumentam que o discurso do presidente da República em defesa da segurança pública é "frágil" e "eleitoreiro". "Com mais um duro golpe aos policiais confi rmado, o frágil discurso eleitoreiro de defesa da segurança pública não mais encontra espaço ou eco na sociedade brasileira, que passa a enxergar um mandatário que tem se utilizado de expedientes ilusórios, mas jamais realizou efetivamente um ato qualquer em defesa de quem verdadeiramente promove a segurança pública neste país: os policiais civis da União".

OUTRAS NOTÍCIAS

Estado de Minas - O que se sabe da prisão de Roberto Jefferson

Hora do Povo - Fenapef repudia atentado de Jefferson contra "a vida de policiais federais"

Entidades ligadas à PF repudiam reação de Jefferson à prisão

Bol - Jefferson deveria ter sido tratado como criminoso perigoso, diz Fenapef