Em conversa com a Folha Dirigida, presidente Boudens diz que concurso da PF está próximo

Presidente da Fenapef, Boudens disse à Folha Dirigida que o diretor-geral confirmou que as últimas dúvidas da Economia já foram sanadas

Fonte: Folha Dirigida

Data: 11/11/20

(Foto: Planalto)

Olho no Diário Oficial da União, porque o aval do concurso PF deve sair a qualquer momento ou nos próximos dias. O Ministério da Economia fechou as últimas dúvidas que haviam sido levantadas à gestão da Polícia Federal e a autorização já pode sair.

Quem confirmou as informações foi o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luís Boudens. Ele se reuniu na última segunda-feira, 9, com o diretor-geral, Rolando Alexandre.

Boudens revelou à reportagem da Folha Dirigida que o Ministério da Economia havia feito um novo apontamento à corporação. E que essas considerações e dúvidas já foram sanadas, não restando agora qualquer impedimento que trave a publicação do aval.

O presidente da Fenapef não entrou em detalhes sobre esse novo apontamento da Economia, feito, possivelmente, durante o encontro realizado no fim de outubro. Mas, disse sobre as reais expectativas:

"Estamos todos imbuídos para que saia o mais rápido possível", revelou Boudens.

E o que levanta ainda mais a expectativa de o aval ser publicado nos próximos dias foi a recente publicação do presidente da República, Jair Bolsonaro. Ele disse, por meio do twitter, que o edital com 2 mil vagas sairá brevemente.

Concurso PF já tem parecer da pasta e trâmites avançados

Além disso, na última reunião realizada no final de outubro o Ministério da Economia já havia dado um parecer favorável para a Polícia Federal sobre o aval do concurso.

A confirmação foi do presidente da Fenapef. E, após esse parecer positivo, a portaria é aguardada para sair o mais rápido possível.

André Mendonça também falou sobre o quantitativo das vagas. Ele voltou a confirmar 2 mil vagas e, dessa forma, é muito improvável que a Economia libere um aval com menos vagas, já que todos os representantes usam o mesmo discurso.

As falas foram confirmadas em nota oficial publicada pelo Governo Federal, dizendo ainda que:

"A Polícia Federal alcançará o maior efetivo da sua história com a realização de um novo concurso, em breve, para o preenchimento de 2 mil vagas. O ministro André Mendonça exaltou o empenho do presidente Jair Bolsonaro na realização do certame e afirmou que os trâmites para publicação do novo edital estão avançados", pontuou o Governo Federal.

Ministro comemora a chagada dos novos PF's

Durante a cerimônia de abertura dos Cursos de Formação Profissional (CFP) para os cargos de delegado e perito, que tiveram convocação recentemente de excedentes, André destacou:

“Os senhores não chegaram na linha de chegada. Os senhores se credenciam a estar na largada, onde concorrerão, não entre si, mas com o crime, com a criminalidade organizada que nos faz viver em um estado de insegurança há mais de 30 anos”, disse o ministro.

André pontuou, também, que com este concurso a PF terá um efetivo histórico, dizendo que:

“Há uma preocupação efetiva com o combate ao crime. Há um reconhecimento efetivo da instituição Polícia Federal e há o reconhecimento de que, de fato, o maior valor da Polícia Federal são os senhores”, destacou Mendonça.

No discurso, André falou ainda que o presidente Jair Bolsonaro interveio junto ao ministro Paulo Guedes pelo aval das 2 mil vagas. A justificativa junto ao chefe da pasta foi que essa seria uma 'missão'. Essa informação foi divulgada pelo Jornal Folha de São Paulo. 

Confira a distribuição das vagas do concurso PF

Área policial
1.016 vagas de agente;
600 vagas de escrivão;
300 vagas de delegado; e
84 vagas de papiloscopista.


Área administrativa
Administrador - 21 vagas
Arquivista - oito vagas
Assistente social - 10 vagas
Bibliotecário - uma vaga
Contador - nove vagas
Economista - três vagas
Enfermeiro - três vagas
Engenheiro - uma vaga
Estatístico - quatro vagas
Farmacêutico - uma vaga
Médico - 65 vagas
Nutricionista - uma vaga
Odontólogo - 11 vagas
Psicólogo - cinco vagas
Técnico em assuntos educacionais - 13 vagas
Técnico em comunicação social - três vagas
Agente administrativo - 349 vagas

OUTRAS NOTÍCIAS

No Estadão: Projeto tira a regulação da segurança privada da Polícia Federal

Federação alerta para aumento de 151% dos casos de COVID-19 na PF

Sob nova direção, PF tem aumento de valores e bens apreendidos em 2020

“Segunda onda de covid-19 já chegou à PF”, alerta federação dos policiais