Delegados e agentes da PF mobilizam ato contra a PEC da Reforma Administrativa

O protesto está marcados para esta quarta-feira (23), às 10h, em frente à Superintendência da Polícia Federal em Belo Horizonte

Fonte: O Tempo

Data: 24/06/21

Foto: Alex de Jesus

Delegados e agentes da Polícia Federal marcaram manifestação contra a PEC 32, a PEC da Reforma Administrativa, para essa quarta-feira (23) em frente a Superintendência da Polícia Federal em Belo Horizonte. O ato, organizado pela Associação dos Delegados da Polícia Federal (ADPF) e pelo Sindicato dos Escrivães, Papiloscopistas e Agentes da Polícia Federal (SINPEF) segue o movimento nacional de todas as categorias de serviços públicos que marcam protestos para esta quarta-feira em todo o país.

Na pauta da manifestação está a PEC 32 que tramita no Congresso e prevê uma reforma no serviço público brasileiro. Segundo o presidente da ADPF, delegado Rodrigo Teixeira, o texto enviado pelo governo federal possui pontos "problemáticos e perigosos para o funcionalismo público”. 

“Essa reforma vem com o discurso de que vai acabar com os privilégios, mas onde tem mesmo os privilégios ela não vai tocar. Além disso, ela prega o fim da estabilidade do serviço público e isso é extremamente perigoso, porque como um auditor da receita ou um policial federal vai poder trabalhar com isenção, outro ponto perigoso, permitir que chefes de órgãos públicos seja de fora da carreira, abrindo espaço para apadrinhamentos, além do decreto autônomo que permite que o presidente acabe com órgãos por decreto”, citou Teixeira. 

Além disso, o delegado afirmou que o texto da reforma não apresenta dados concretos para o impacto fiscal e pode, inclusive, prejudicar a previdência do funcionalismo. 

“O grande mote do regime previdenciário é a sucessão. Se for rompendo um regime e criando outro, o antigo morre, porque não entra mais recurso e eles não explicam como vai funcionar”, argumenta.  

Segundo ele, a manifestação vai acontecer nessa quarta-feira, às 10h em frente à Superintendência da Polícia Federal em Belo Horizonte, no bairro Gutierrez, região oeste da capital. 

OUTRAS NOTÍCIAS

Imprensa destaca indicação da Fenapef para Prêmio Marco Maciel

Na Coluna Esplanada, destaque para o Pão Diário

Em entrevista, presidente Boudens pede cautela com interpretação da lei antiterrorismo

Lei antiterrorismo: Correio Braziliense cita entendimento da Fenapef