Conheça os finalistas do Prêmio Policiais Federais de Jornalismo 2022

Neste ano, a Comissão Organizadora recebeu mais de 120 inscrições

Fonte: Comunicação Fenapef

Data: 03/11/22

O Prêmio Policiais Federais de Jornalismo apresenta seus 18 finalistas de 2022. Ao total, foram mais de 120 inscrições, avaliadas por uma banca técnica, composta por profissionais consagrados na profissão. Para chegar a esse resultado, os trabalhos inscritos foram validados pela Comissão Organizadora e, em seguida, avaliados por um grupo de onze jornalistas profissionais e acadêmicos.

Criatividade, originalidade e qualidade do conteúdo foram alguns dos critérios de avaliação. Os trabalhos inscritos abordaram o tema Segurança Pública, além de aspectos relevantes da área para a sociedade brasileira e que ajudam na compreensão dos desafios do nosso sistema de segurança. O objetivo do Prêmio, além de reconhecer o bom trabalho dos jornalistas, é contribuir para a difusão do tema na busca por melhorias no setor.

Pela primeira vez o Prêmio contempla estudantes de jornalismo. A nova categoria busca incentivar as instituições de ensino a trabalharem a temática da Segurança Pública dentro da sala de aula e, com isso, contar com profissionais mais qualificados na cobertura do assunto.

Com os finalistas de cada categoria definidos, a próxima etapa é escolher os vencedores, que serão conhecidos em grande evento, a ser realizado dia 16 de novembro, on-line, com divulgação aberta no canal do Youtube da Fenapef.

Os trabalhos com a maior nota dada pelos jurados técnicos serão premiados com os troféus nas categorias Webjornalismo, Televisão, Fotografia, Impresso e Rádio, além de R$ 5 mil para o ganhador de cada categoria profissional. A categoria Estudantes de Jornalismo terá premiação de R$ 3 mil. Entre os 18 finalistas, o trabalho com a maior nota receberá o Prêmio Máximo, no valor de R$ 15 mil. Segue abaixo a tabela com os finalistas.

OUTRAS NOTÍCIAS

Saiba como será o expediente da Fenapef neste Carnaval

Aposentado e pensionista: você pode ter direito à isenção do IRPF

Integralidade e paridade na aposentadoria: possível resposta nos próximos 90 dias

Fenapef prestigia posse do novo ministro da Justiça e Segurança Pública