Concurso PF: Federação e sindicato querem seleção para área administrativa ainda neste ano

Fonte: Correio Braziliense

Data: 27/01/21

FENAPEF/DIVULGAÇÃO

Recentemente, a corporação publicou edital com 1.500 vagas para para escrivão, agente, delegado e papiloscopista. E,  não prevê vagas para o quadro administrativo. Por isso, os dirigentes das duas entidades se encontraram na sede da Fenapef, na última terça-feira (26), para traçar uma estratégia conjunta.

Segundo Boudens, o encontro serviu para “alinhar as lutas em comum” e para definir uma forma de atuação na busca por mais vagas nos concursos para administrativos.  Ele lembra que, ainda em 2016, a Fenapef considerava cinco mil vagas o número adequado para novos servidores nesse quadro. “De lá para cá, houve muitas aposentadorias”, observou.

Já Nunes acrescentou que, atualmente, além dos cinco mil novos servidores necessários para atender às demandas administrativas, há 570 cargos vagos – seja por aposentadoria ou pedido de exoneração – em diversas especialidades do quadro administrativo. “Essas demandas da atividade acabam tendo que ser supridas por policiais federais, que deixam de investigar para trabalhar nos bastidores”, explica.

Boudens e Nunes vão reunir dados e demandas relativas ao quadro administrativo e, na próxima semana, tudo será consolidado em uma nova reunião de trabalho.

“Depois disso, faremos uma live para ouvir os colegas administrativos de todo o Brasil e construiremos um documento robusto que será levado à Direção Geral”, finalizou o presidente da Fenapef.

Solicitação de concurso para área administrativa será renovada

Em resposta ao Papo de Concurseiro, a corporação informou que a solicitação de um novo concurso para a administração da corporação será renovada e encaminhada ao Ministério da Economia.

A PF pretende renovar o pedido este ano e, inclusive, acrescentar os cargos que ficaram vagos devido a aposentadorias e exonerações de lá até aqui. “A PF informa que pretende renovar a solicitação nos próximos meses de 2021, inclusive com o acréscimo de vagas que tenham vindo a surgir para os cargos da área administrativa”, assegurou a instituição.

A solicitação passada havia sido feita em maio de 2020, com 508 vagas para as funções de administrador, economista, arquivista, assistente social, bibliotecário, contador, enfermeiro, engenheiro, estatístico, farmacêutico, médico, nutricionista, odontólogo, psicólogo, técnico em assuntos educacionais, técnico em comunicação social e agente administrativo.

Último concurso para a área

O último concurso público para a área administrativa da PF foi realizado em 2013, pelo Cebraspe. O edital contou com 566 oportunidades de níveis médio e superior. Do número, 534 vagas foram para a função de agente administrativo. Os candidatos passaram por prova objetiva obrigatória para todos os cargos com 120 questões, sendo 50 acerca de conhecimentos básicos (português, informática, raciocínio lógico, atualidades, direito administrativo e constitucional) e 70 de conhecimentos específicos. O salário de um profissional da área pode ultrapassar R$ 5 mil. Saiba mais sobre a seleção!

OUTRAS NOTÍCIAS

Valor Econômico destaca nota da Fenapef

Ao Estadão, Boudens diz esperar que Maiurino resolva questões internas da PF:

Nota da Fenapef repercute no Antagonista

Presidente Boudens fala à CNN sobre novo diretor geral da PF