Vice-Presidente da Fenapef comenta o maior assalto da história do Paraguai

Data: 25/04/17

Em entrevista ao Bom dia Brasil, da TV Globo de hoje, 25, o vice-presidente da Fenapef e presidente do Sindicato dos Policiais Federais do Distrito Federal – SINDIPOL/DF, Flávio Werneck, comenta o maior assalto da história do Paraguai na noite de ontem, 24, que contou com a participação da Polícia Federal Brasileira nas investigações.

Os criminosos entraram em confronto com agentes do Núcleo Especial de Polícia Marítima (Nepom) da PF, durante a travessia em direção ao Brasil, na altura do município de Itaipulândia, a 70 quilômetros de Foz do Iguaçu/PR.

Para o vice-presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais, Flávio Werneck, todos os grandes assaltos a transportadoras de valores foram feitos por uma mesma quadrilha que tem como foco o tráfico de drogas. “ É uma organização criminosa que percebeu a possibilidade e a rentabilidade em contrapartida com a falta de resposta do governo pata coibir esse tipo de crime”.

Flávio destacou também a falta de comunicação entre as polícias civis, já que de acordo com ele, crimes dessa natureza são classificados como estaduais, não havendo a contenção ao crescimento do crime organizado, o que implica que os bandidos migram e chegam a outros países, como o Paraguai.

Assista a reportagem completa:

OUTRAS NOTÍCIAS

Polícia Federal está com coletes vencidos

Policiais protestam contra Reforma da Previdência