Policial aposentado e pensionista, já fez sua prova de vida anual?

O prazo termina na próxima quinta-feira (30)

Fonte: Comunicação Fenapef

Data: 27/09/21

Atenção aposentados e pensionistas! Não esqueçam de fazer o recadastramento anual. Várias superintendências regionais alertam que muitos servidores ainda não fizeram a prova de vida, que voltou a ser exigida desde 1º de julho do ano passado. Servidores civis do Executivo Federal aposentados, pensionistas e anistiados políticos civis que ainda não fizeram a comprovação dos anos de 2020 ou 2021, no período de janeiro a junho deste ano, têm até 30 de setembro para atualizar a situação.

Vale lembrar que essa comprovação precisa ser feita todos os anos, no mês de aniversário do beneficiário ou seus dependentes, sob pena de suspensão dos proventos. Porém, a não realização do cadastramento não implica cancelamento imediato do benefício. Antes disso, há outras duas etapas: bloqueio e suspensão do pagamento.

Durante o mês de setembro, quem teve o benefício bloqueado em junho entra agora na etapa de suspensão. Se, ainda assim, não atualizar os dados nessa segunda etapa, o benefício será cancelado.

É possível fazer a comprovação sem nem sair de casa, com um celular smartphone. Quem já tem a biometria cadastrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou no Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), pode acessar o aplicativo SouGov.br para consultar a situação da comprovação de vida e obter as orientações para realizá-la por meio de aplicativo.

Algumas instituições bancárias oferecem alternativas como prova de vida pelo caixa eletrônico ou por aplicativo. O beneficiário deve confirmar as opções disponíveis e o horário de funcionamento junto ao banco.

Quem tem a biometria cadastrada deve receber uma mensagem de texto ou e-mail fazendo a convocação. Atenção: o SMS será enviado pelo número 280-41. A partir daí, basta baixar o aplicativo meu gov.br (https://www.gov.br/pt-br/apps/meu-gov.br). Outro aplicativo, o Meu INSS (https://meu.inss.gov.br) deve ser acessado para acompanhar o resultado da prova de vida depois de concluído o procedimento.

Com informações da Agência Brasil

OUTRAS NOTÍCIAS

Não há projeto de carreira em discussão interna, nem em tramitação junto ao Governo

5º Prêmio Policiais Federais de Jornalismo já tem seus 15 finalistas

Sanderson detalha atuação no Congresso em defesa dos direitos dos policiais federais

Presidente Boudens e deputado Aluísio Mendes abrem a AGE da Fenapef