Nota de pesar - Américo Vieira Júnior

Data: 29/03/21

Ainda chocada, a Federação Nacional dos Policiais Federais lamenta imensamente informar o assassinato do escrivão federal aposentado Américo Vieira Júnior. Doente, com câncer, Américo foi esfaqueado em sua casa, pela ex-companheira, nesse domingo (28) em Juiz de Fora. As circunstâncias do crime ainda estão sendo apuradas.

Américo era conhecido em Juiz de Fora por suas duas carreiras: a de policial e a de músico. Era vocalista da banda Raul Queixas & Mágoas. Por 18 anos, entre 1989 e 2007, ele conciliou as duas vocações.

A polícia foi acionada após os vizinhos ouvirem pedidos de socorro. O Samu foi chamado, mas o óbito foi constatado ainda no local do crime.

A Fenapef se une à dor de amigos e familiares de Américo.

OUTRAS NOTÍCIAS

Fenapef entrega medalha ao advogado e cônsul honorário do Gabão em Pernambuco, André Fonseca

Fenapef se reúne pela primeira vez com o novo diretor geral

Continua o revezamento de funcionários na sede da Fenapef

Boudens: “precisamos evitar a explosão da quarta granada nos nossos bolsos”