I Seminário: Saúde mental dos profissionais de segurança pública

Evento on-line é promovido pelo Sindicato dos Policiais Federais no Estado do Paraná (SINPEF/PR) com apoio da ASPF/Curitiba, da Polícia Federal no Estado do Paraná e demais Entidades de Classe (APCF, ANEPF, ADPF, SINDPF, SINPECPF)

Fonte: Sinpef/PR

Data: 29/09/20

Para muitas pessoas, o suicídio parece uma realidade distante, mas dados da Organização Mundial da Saúde revelam um cenário preocupante, que reforça justamente o contrário: a cada 40 segundos, uma pessoa tira a própria vida, o que representa, em um ano, mais de 800 mil mortes em decorrência do ato do mundo. Entre 50% e 75% das pessoas que tentam suicídio falam sobre seus pensamentos suicidas, sentimentos e planos antes do ato.

O contexto em que os profissionais de segurança pública estão inseridos é ainda mais preocupante.

De acordo com um estudo encomendado pelo Sindicato dos Policiais Federais no Distrito Federal em parceria com a Universidade de Brasília, em 2019, cerca de 50 servidores da PF foram vítimas de mortes autoprovocadas dentro do Departamento de Polícia Federal nos últimos 20 anos, o que representa 2,5 servidores por ano. Os fatores de risco quase sempre estão relacionados a ansiedade, estresse e depressão.

O Seminário será dividido em três módulos ministrados on-line, sempre às 19h, em que especialistas da área de saúde mental e das formas de autoagressão, abordarão temáticas como promoção ao autocuidado, auxílio na identificação de sintomas de sofrimento e prevenção à ideação suicida.

“Especialistas acreditam que 90% dos casos de suicídio poderiam ser evitados com a identificação e o tratamento precoce de sintomas que auxiliem na cura de doenças da mente, pois, assim como qualquer outra doença, têm diagnóstico, tratamento e prevenção. Logo, o incentivo à busca por ajuda especializada, é urgente”, pontua a presidente em exercício do SINPEF/PR, Luciana Brungari.

“Esperamos que o evento contribua para isso, melhore as relações de trabalho, auxilie no reconhecimento de sintomas e incentive o tratamento de problemas emocionais e possa ser uma ferramenta de enfrentamento a esse mal que acomete tantas pessoas no mundo e tem feito tantas vítimas entre policiais”, completa.

O primeiro encontro do Seminário: Saúde Mental dos Profissionais de Segurança Pública será nesta quarta-feira (30/09), com o tema “Quais são as reações normais às dificuldades da vida e quando elas se transformam em sintomas de sofrimento”, conduzido pela Doutora Luci Pfeiffer, Mestre e Doutora em Saúde pela Universidade Federal do Paraná.

No dia 07 de outubro é a vez de falar sobre “Comportamentos de Risco”, com a 1. Tenente da Força Aérea Brasileira, Márcia Haag, que atuou como médica psiquiatra perita de militares das Forças Armadas e da Polícia Rodoviária Federal.

A programação se encerra no dia 14 de outubro com a palestra – “Ideação Suicida: Precisamos falar sobre isso!”, mais uma vez ministrada pela Dra. Luci Pfeiffer.

O evento virtual é aberto a participação de todos os profissionais de segurança pública, com emissão de certificado.  Saiba mais no site: http://sinpefpr.org.br/eventos/setembro-amarelo 

OUTRAS NOTÍCIAS

Associado Unimed: tem dúvidas sobre o novo aplicativo? A gente te ensina

SSDPFRJ cria pioneiro departamento de medicina ocupacional e psiquiatria

SSDPFRJ 30 anos | Ex-presidente, relembra as lutas sindicais e as greves de 1994 e 2012

SSDPFRJ 30 anos | Entrevista com o vice-presidente Luiz Carlos Cavalcante