PF prende condenada por tráfico internacional de pessoas no Aeroporto de Confins, na Grande BH

23 de Março de 2017

A Polícia Federal prendeu, nesta quarta-feira (22), no Aeroporto Internacional Belo Horizonte, em Confins, na Grande BH, uma brasileira condenada por tráfico internacional de pessoas para exploração sexual. A mulher, de 39 anos, foi deportada dos Estados Unidos após ser presa por infringir leis migratórias norte-americanas. A foragida constava da lista de procurados pela Interpol.

De acordo com a Polícia Federal, a mineira, que não teve o nome revelado, chegou em um voo de Miami. Contra ela consta um mandado de prisão definitiva em aberto, expedido pelo juiz da 35ª Vara Criminal da Justiça Federal neste ano, por tráfico internacional de pessoas que foi cometido em 2000. A mulher foi condenada a quatro anos e seis meses de prisão. Detalhes sobre o crime, como o número de vítimas, não foram divulgados.

A foragida, segundo a PF, aliciava e facilitava que adolescentes entre 14 e 18 anos deixassem o país para a prática de prostituição no exterior. No esquema, ela ainda ameaçava gravemente uma testemunha que deporia contra ela.

A mineira foi presa na cidade de Rockville, no estado de Maryland, por policiais da agência Immigration and Customs Enforcement´s – ICE. A deportação, segundo a PF, foi possível por causa de uma cooperação desenvolvida entre a corporação e a agência norte-americana.

Após o desembarque, a mulher foi submetida a exame de corpo de delito e encaminhada para o Complexo Penitenciário Feminino Estevão Pinto, no bairro Horto, Região Leste de Belo Horizonte, onde permanecerá à disposição do juiz da comarca de Governador Valadares, que expediu o mandado de prisão.



Outras notícias