PF e FBI combatem a prática de crimes na internet e Dark Web

Israelense, que reside em Brasília, foi preso na ação de hoje

Fonte: Comunicação PF

Data: 2019-05-08 00:00

imagem_teste

A Polícia Federal e o FBI, atuando em cooperação internacional, deflagraram na última segunda-feira (6/5) ações conjuntas no combate à prática de crimes na internet e Dark Web.

O principal alvo da operação é um cidadão israelense, que reside em Brasília/DF, responsável por administrar sítio na Dark Web utilizado para a prática de crimes online, como tráfico de drogas e armas, contrabando e lavagem de dinheiro.

Em ações simultâneas, enquanto o investigado era preso no Aeroporto Charles de Gaulle - Paris/França, buscas eram realizadas em sua casa, no Lago Sul, zona nobre de Brasília. Na busca foram apreendidos dispositivos utilizados para a guarda de criptomoedas e R$ 200 mil em espécie (moeda estrangeira e reais).

O israelense também administrava sítio na internet que servia como indexador dos principais mercados ilegais da Dark Web e era utilizado para educar os usuários sobre como comprar produtos e drogas online de forma segura, oferecendo não somente os endereços, mas também diversos tutoriais para os consumidores navegarem anonimamente, evitando a repressão policial.

O portal na internet trabalhava em parceria com os maiores mercados clandestinos na Dark Web e o morador de Brasília era remunerado por cada transação realizada por meio do sítio, como a distribuição de drogas, medicamentos ilegais, ferramentas hacker, dados bancários e etc.

As investigações constataram que o israelense recebeu taxas das transações de cerca de 15 mil usuários, que negociaram os mais diversos produtos ilegais, ou seja, obteve uma parte do lucro das transações de produtos ilegais.

O preso também é suspeito de praticar o crime de pornografia infantil e foi alvo de mandado de busca e apreensão para investigar tal delito em outubro de 2018. Na ocasião, a Polícia Federal apreendeu R$ 1 milhão em espécie (moeda estrangeira e reais) na residência dele em Brasília, além de notebooks e smartphones.

A ação conjunta também apreendeu o domínio na internet utilizado nas práticas criminosas, importante ação repressiva aos mercados clandestinos que operam na Dark Web.

OUTRAS NOTÍCIAS

PF combate fraudes no setor de combustíveis e sonegação fiscal

PF deflagra operação para combater crimes ambientais em RO

PF apreende 500 quilos de cocaína com traficantes em VG

PF cumpre 13 mandados em PE contra quadrilha que desviava recursos públicos