Ministro-chefe da Casa Civil recebe representantes das carreiras do PL 5865/16

1 de novembro de 2016

casa-civil-2-2

Representantes das entidades que integram o PL 5865/16 se reuniram nesta terça-feira, 01.11.2016, no Palácio do Planalto, com o Ministro-Chefe da Casa Civil Eliseu Padilha.Em pauta a tramitação do PL 5865 no Senado, que dispõe sobre o termo de acordo firmado pelo governo anterior com as categorias de servidores e que foi encaminhado na íntegra pelo Presidente Temer para votação pelo Congresso Nacional. 

A reunião ocorreu por intermédio do Senador José Medeiros (PSD/MT) e teve a participação de representantes dos servidores da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal, do Ministério do Transporte/Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), e do INCRA, bem como suas assessorias parlamentares.

casa-civil-3-2O Senador Medeiros, que é integrante da Policia Rodoviária Federal, disse que a luta das categorias se deu durante longo período de negociação com o governo anterior até a apresentação do PL 5865/16. “Nós estamos vendo aqui, ministro, representantes sindicais que estão participando de um longo processo de negociação. Todos sempre se pautaram pela responsabilidade durante as conversas e mantiveram os seus compromissos com a mudança de governo”, afirmou o parlamentar.

O Presidente da Fenapef iniciou as falas das entidades de classe fazendo um resumo das negociações de recomposição salarial dos policiais federais  com o governo anterior, a partir de uma cronologia que se iniciou em 2009 e prosseguiu até 2015, explicando que foram as últimas categorias que o governo anterior firmou acordo, inclusive para pagamento em três parcelas a partir de janeiro de 2017, enquanto outras categorias dos três Poderes já recebem desde agosto deste ano. Boudens destacou que esse retardo continua prejudicando as categorias, que agora no Congresso enfrentam muita tensão em torno da votação do projeto de lei, que acabou atraindo a atenção da mídia de forma negativa como se fosse um reajuste privilegiado, quando é o contrário. “Sabemos das prioridades do Governo e os policiais federais e as demais categorias aqui representadas devem ser abarcados por essa prioridade“, frisou Boudens.

casa-civil-3Após as falas dos representantes sindicais, o Ministro Eliseu Padilha reafirmou o compromisso do governo Temer em honrar todos os compromissos assinados com as categorias de servidores, mesmo aqueles fechados ainda no governo anterior. O Ministro agradeceu a iniciativa da reunião e elogiou de forma contundente a postura firme e respeitosa das entidades durante toda a atuação no Congresso Nacional e nos pronunciamentos das entidades envolvidas no projeto.

As categorias vão continuar o trabalho parlamentar junto aos senadores, inicialmente os da Comissão de Constituição e Justiça, que irão analisar o texto aprovado na Câmara.

Participaram da reunião os representares das entidades abaixo, em ondem alfabética:
ABRAPOL, AMPOL, ASDNER, ADPF, APCF, FENADEPOL, FENAPRF, FENAPEF e SINDIPOL/DF

casa-civil-1



Outras notícias