FENAPEF SE POSICIONA SOBRE FÓRUM DE ARMAS

20 de junho de 2017
 Confira, abaixo, a íntegra da reportagem do Presidente da Fenapef, Luís Antônio Boudens,
ao jornal Diário de São Paulo desta terça-feira (20)

A solução para o armazenamento de armas em fóruns seria um maior investimento do Judiciário em sistemas de segurança em suas instalações. Essa é a opinião do especialista em segurança Jorge Lordello.

“Isso seria imprescindível não só para o armazenamento de armas, mas também de documentos importantes”, afirmou.
Esse investimento, segundo o especialista, não está diretamente relacionado ao contingente de vigilantes. “Mais importante do que colocar segurança armado, que é caro, seria providenciar uma blindagem das salas onde fica esse tipo de material, além do monitoramento com câmeras de segurança, sensores e alarmes”, disse.

Lordello argumenta que os bancos fizeram esse tipo de investimento e resolveram o problema. “Hoje os roubos acontecem nos caixas eletrônicos, mas não dentro das agências, super equipadas”, avaliou.

Já o presidente da Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais), Luis Antonio Boudens, considera que as armas apreendidas devem ser imediatamente doadas às forças de segurança, que podem usá-las no combate a criminalidade. Do contrário, elas voltam para o crime.

“Os fóruns do Brasil inteiro estão cheios de armamento que poderia ser utilizado pelas forças de segurança”, afirmou. “A marginalidade está ciente de que a segurança desses locais (fóruns), na maioria dos estados, é bem frágil. O Judiciário tem que agilizar os procedimentos de doação ou mesmo destruição.”



Outras notícias