Conquistas, parcerias e nova sede marcam os 28 anos da Fenapef

Data: 2018-08-24 16:14

Federação Nacional faz aniversário em agosto e relembra conquistas e parcerias feitas ao longo dos anos

Desde a sua fundação em 25 de agosto de 1990, a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) tem lutado pelos direitos, prerrogativas e interesses dos servidores da Polícia Federal.  São 28 anos dedicados, também, à promoção de uma segurança mais eficiente para toda sociedade. “Tivemos milhares de conquistas, mas ainda há muito o que fazer pelo País”, afirma o presidente da entidade, Luís Antônio Boudens.

O agente especial e representante da carreira ingressou na PF quando a Fenapef tinha apenas três anos de fundação. “Acompanhei o desenvolvimento da Federação e, hoje, como presidente, sinto orgulho do prestígio alcançado pela entidade, especialmente no Congresso Nacional. A expertise da diretoria para defender os interesses da categoria e dar voz aos policiais federais tem grande mérito nisso”, avaliou.

Para as lideranças dos policiais federais nos estados, a Fenapef se consolida como um braço importante em diversas lutas, como explica o presidente do Sindicato dos Servidores da Polícia Federal no Estado de São Paulo, Alexandre Sally.

“São visíveis os avanços da Fenapef, principalmente nas duas últimas gestões, no amadurecimento político com um forte trabalho junto ao Congresso e demais órgãos do governo, que refletiram nas ações sindicais de todos os estados”, explicou.

Para o presidente da representação paulista, o trabalho viabilizou uma série de avanços. “Há uma sinergia muito interessante entre o Sindpolf/SP e a Federação em ações gratificantes e com resultados importantes para ambas diretorias e sindicalizados. As lutas e os interesses são comuns, mas se não existisse coesão, de nada adiantaria”.

Parcerias

Ao longo desses 28 anos, a Fenapef contou com o apoio de sindicatos e associações de diferentes classes dentro da Polícia Federal. A Associação Nacional dos Escrivães de Polícia Federal está nesse rol. Para o presidente Ednir Nascimento, a Federação foi essencial para dar mais visibilidade às causas do órgão.

“Hoje, podemos verificar que, sem a Fenapef, não chegaríamos ao alto grau de visibilidade e importância em todos os segmentos da sociedade.” Para ele, a parceria entre as duas instituições trouxe muitos avanços e resultados positivos. “Ambas tocam uma agenda de melhoria da carreira policial. Unidas em prol do policial federal e da sociedade.”

A agente Fabíola Simões é diretora de Comunicação do Sindicato dos Policiais Federais de Pernambuco e faz parte do Grupo de Trabalho da Mulher Policial Federal (GT das Mulheres), fundado pela Federação em 2013. O grupo tem como objetivo conscientizar parlamentares e sociedade civil sobre os riscos da aprovação da Reforma da Previdência, em especial para as mulheres policiais. Ela elogia a iniciativa da Fenapef em criar o grupo e toda a história da entidade. “Nestes 28 anos, a Fenapef participou da construção da Polícia Federal do Brasil. Por meio das suas lutas, tivemos importantes ganhos, como o ingresso na carreira em nível superior.”

Acolhimento

Alexandre Haydu atuou na carreira policial por 32 anos, tendo passado também pela Polícia Militar. Em 1996, ingressou na PF sub judice, tomando posse sete anos depois. Em 2016, Haydu foi demitido da PF por ato administrativo do Ministério da Justiça. Ele conta que a Fenapef foi essencial nesse momento, prestando todo apoio e solidariedade. “Nunca fui filiado a nenhuma entidade sindical ou classista ao longo desses anos. Mas ao conhecer o trabalho que é efetuado em prol dos colegas, mudei totalmente essa visão distorcida que eu tinha. Mesmo não tendo nunca sido sindicalizado, me foi prestado, em mais de uma ocasião, apoio pessoal e político pelo presidente Boudens”, lembra.

Atualmente, o processo de Haydu está sendo revisto, já em fase de julgamento, com todos os pareceres para a absolvição, segundo ele. “A participação da Fenapef nesse processo foi de suma importância para que se chegasse a esse desfecho, principalmente porque, a partir disso, eu não me senti mais sozinho.”

PRF

Outra entidade que caminha lado a lado com a Fenapef é a Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF). Após lutas e conquistas de forma conjunta, o presidente dos policiais rodoviários, Deolindo Carniel, reconhece a importância da entidade para a sociedade. “É notório que a Fenapef é uma entidade íntegra, composta por profissionais capacitados na área técnica e política. Desde o momento que os sistemas sindicais dos Policiais Federais e dos Policiais Rodoviários Federais entenderam a importância de caminharem juntas, conseguimos, unidos, vitórias importantíssimas aos operadores da segurança pública brasileira”, diz.

Carniel afirma que o poder de negociação das duas classes com parlamentares e governantes ficou bem maior depois que se uniram em torno de um bem maior: a segurança pública e condições mais dignas para os operadores do setor. “Temos agora um capital de negociação maior com qualquer governante que esteja no poder – e o principal: nós, policiais rodoviários federais e agentes federais, sempre nos pautamos pela ética e por trabalhar visando a coletividade.”

Comemoração

Nesse ano, as comemorações ganharão um ar especial. Após 25 anos ocupando um andar no edifício Pasteur, em Brasília (DF), a Fenapef está em novo endereço. A matriz, no Lago Sul, ganhou reforma e salas mais amplas, além de mobiliário novo.

Na próxima quarta-feira (29), a Fenapef fará um café da manhã especial na sede, às 9h30, para celebrar os 28 anos. Além disso, dará continuidade à Assembleia Geral Extraordinária (AGE), prevista para os dias 28 e 29, no hotel Windsor, também em Brasília.

Serviço

Café da manhã na nova sede da Fenapef

Data: 29 de agosto

Hora: 9h30

Local: SHIS QI 25 conjunto 5 casa 4 – Lago Sul – Brasília (DF)

Assembleia Geral Extraordinária

Data: 28 e 29 de agosto

Local: hotel Windsor – Brasília (DF)

Comunicação Fenapef

OUTRAS NOTÍCIAS

Presidente da Fenapef fala sobre a presença de grupos criminosos no...

Fenapef faz esclarecimentos sobre planos de saúde