Lançamento do livro da APF Paula Lessa reúne juristas na Livraria da Travessa

15 de agosto de 2013

Aconteceu nesta quarta (14), às 17:00h, o lançamento do livro Os Donos do Carimbo – Investigação Policial como Procedimento Escrito (editora Lumen Juris), na Livraria da Travessa, Av. Rio Branco, 44, Centro, Rio de Janeiro. Esse espaço que é tradicional na cultura carioca foi o cenário onde Paula Lessa autografou sem parar durante duas horas o livro que, segundo seu professor, autor da `orelha` e orientador do mestrado, Roberto Kant de Lima, não objetiva polemizar, apesar de suas linhas às vezes contundentes, ao retratarem com  fidelidade a atual sistemática da justiça brasileira e suas nuances. Kant, que é coordenador do Instituto de Estudos Comparados em Administração Institucional de Conflitos e professor da UFF (Universidade Federal Fluminense), ressaltou durante o evento em entrevista à Rádio Roquete Pinto, que os leitores vão perceber que esse livro rico literariamente não é uma mescla de relatos com ótica subjetiva e que sua confecção foi viabilizada a partir da excelente tese de mestrado da autora.

Paula Chagas Lessa Vidal, que integra os quadros do DPF há 10 anos,  atualmente lotada no Sinarm, é mestre em Direito pela Universidade Gama Filho e bacharel pela USP. Para compor seu livro ela inseriu vivências colhidas em suas entrevistas, com  integrantes do Ministério Público, delegados e juízes, sobre a linha tênue entre o eterno ideal de otimização judiciária e a decepcionante realidade da burocratização, via procedimentos policiais, onde todas as vertentes parecem estacionar sob uma resultante: o processo.

Um ponto pacífico sobre a sintonia de Os Donos do Carimbo, com o momento atual é a explanação em seu conteúdo da PEC 37, bem como da Lei 12.830/2013, recentemente sancionada, e que converge os poderes da investigação aos delegados de polícia.

A quase totalidade da diretoria executiva do Sindicato dos Policiais Federais do Rio de Janeiro, onde Paula é diretora jurídica, prestigiou o evento, além do corpo criminalista de advogados do SSDPF/RJ entre outros profissionais. Também estiveram presentes o corregedor Jairo Silva (SR/DPF/RJ), e os filiados Abdon, França, Ramadon, Bessa, Rangel, Yoan, Angela, Burlamaqui, dentre outros. Representando a polícia civil, veio o presidente da Coligação dos Policiais Civis (Colpol), Walter Heill; a Secretaria de Segurança Pública, Fábio Nera. A juíza estadual Simone Marreiros, também honrou o evento compondo com Flávio Beraldo Magalhães, procurador do Município do Rio de Janeiro um quadro valoroso de juristas.

"Gostei muito do evento e da participação dos colegas policiais, advogados e acadêmicos. Valorizei muito a presença do Dr. Jairo Silva (corregedor) porque as questões trazidas na pesquisa são para serem debatidas, estudadas e não negadas, para se construir uma instituição mais sólida", destacou Paula.

Além da Livraria da Travessa, os interessados pelo livro poderão acessar o site da Editora Lumen Juris ou ainda adquirirem  nas livrarias Siciliano e Saraiva.  Filiado do SSDPF/RJ conta com desconto na sede do Sindicato (contatar Iara pelo 2263-1820).

 



Outras notícias