PF apreende 3,8 toneladas de cocaína no Porto de Paranaguá

6 de Fevereiro de 2009

Quase 4 toneladas de cocaína foram apreendidas no Porto de Paranaguá, no Paraná. É a segunda maior apreensão da história do Brasil. A droga iria para a Romênia. As 3,8 toneladas da droga estavam escondidas em cinco contêineres, em meio a uma carga de madeira, em um terminal particular do porto.

É a segunda maior apreensão de cocaína no Brasil, só atrás das 7,5 toneladas descobertas em junho de 1994, em Tocantins. A maior apreensão da história aconteceu em abril de 2007 no Oceano Pacífico, no litoral da Colômbia: 25 toneladas.

A operação foi realizada pela Policia Federal e pela Interpol. Na semana passada foi apreendida mais de uma tonelada de cocaína na Romênia, que tinha chegado até lá pelo porto de Paranaguá. Como havia uma carga semelhante, da mesma empresa, que sairia daqui para aquele paísa, os policiais fizeram a operação antes do embarque dos contêineres.

A Polícia Federal vai investigar e fazer testes em laboratório para descobrir de onde a droga veio.

– Vamos coletar amostras e comparar com nossas padrões para saber a origem dessa droga e fazer o rastreio de como ela passou no Brasil – afirmou o delegado da PF Wagner Mesquita de Oliveira.

A empresa que fazia a exportação é de São Paulo. Segundo a polícia, os donos estão sendo investigados. Até agora ninguém foi preso.

Veja as imagens da operação



Outras notícias