Abin está produzindo dossiês contra deputados

2 de dezembro de 2008

O presidente da CPI dos Grampos, Marcelo Itagiba, denunciou nesta segunda-feira, 1, na tribuna da Câmara dos Deputados que servidores da Abin, afastados da agência após a Operação Satiagraha, estão produzindo dossiês contra parlamentares da CPI. Segundo Itagiba, o material estaria sendo entregue a jornalistas por François René, o assessor de comunicação de Paulo Lacerda desde o tempo em que ele dirigia a Polícia Federal.

O objetivo dos dossiês seria desacreditar o trabalho da comissão parlamentar. Irritado, Itagiba partiu para o ataque: "Nós não procuramos apontar ou acusar quem quer que seja. As pessoas que aqui vieram representando aquela instituição é que mentiram perante o Parlamento. Faltaram com a verdade ao dizer que não participaram quando participaram; ao dizer que apenas atuaram de modo informal quando, na verdade, foi informal com mais de 75 agentes envolvidos numa operação", disse.

Não é a primeira vez que René é acusado de vazar dossiês. Recai sobre ele a suspeita de ter divulgado a existência de investigação da PF contra o ministro Gilmar Mendes, quando na verdade ela era feita sobre um homônimo.

Escute a denúncia de Itagiba



Outras notícias